Ir para o conteúdo

Prefeitura de Inocência - MS e os cookies: Nosso site usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Ao continuar você concorda com a nossa Política de Cookies e Privacidade.
OK
Prefeitura de Inocência - MS
Acompanhe-nos:
Rede Social Facebook
Notícias
Enviar para um amigo!
Indique essa página para um amigo com seus dados
Obs: campos com asterisco () são obrigatórios.
Enviando indicação. Por favor, aguarde...
MAR
09
09 MAR 2021
EMPREENDEDORISMO
538 visualizações
Inocência adere ao programa Cidade Empreendedora do Sebrae/MS
Iniciativa vai transformar realidade local e contribuir para retomada econômica da cidade

Pela primeira vez, o município de Inocência irá participar do programa Cidade Empreendedora – iniciativa do Sebrae/MS voltada para promover a transformação da realidade local por meio do desenvolvimento econômico. A Prefeitura Municipal assinou, nesta segunda-feira (8), o contrato para início dos trabalhos.

 

Na data, o prefeito de Inocência, Toninho da Cofapi, participou da cerimônia, realizada na sede do Sebrae/MS, em Campo Grande, junto com os membros do Conselho Deliberativo da instituição, com a ministra de Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Tereza Cristina Corrêa da Costa Dias, e com representantes de outras dez cidades do Estado que também aderiram ao programa.

 

Segundo o gestor, o Cidade Empreendedora vem como uma ferramenta importante para alavancar o desenvolvimento do município. “Estamos em busca de melhorias para o nosso município e o Sebrae/MS sempre foi um grande parceiro. O Cidade Empreendedora é um programa que vai nos ajudar muito a conquistar os nossos objetivos e o desenvolvimento socioeconômico da nossa região. Nós, por sermos uma cidade pequena, temos algumas dificuldades para trabalhar, mas com o conhecimento que o Sebrae tem vamos conseguir superá-las”, ressaltou Toninho.

 

A partir da contratação do Cidade Empreendedora, Inocência vai receber acompanhamento do Sebrae/MS durante 15 meses. Será elaborado um plano de desenvolvimento econômico para a cidade com ações e práticas voltadas ao fomento da geração de emprego, renda e oportunidades de negócios. O trabalho vai ser conduzido a partir do eixo “Cidade Agro” focado no potencial produtivo da cidade com a proposta de estimular o pequeno produtor e criar incentivos para impulsionar a economia agrícola local.

 

Dentre as iniciativas estão a desburocratização dos processos para a abertura e alterações de empresas; incentivos às compras locais; promoção de uma cultura empreendedora e a inovação nas escolas; melhorias na Sala do Empreendedor; estímulo ao desenvolvimento empresarial; e formação de lideranças que exerçam uma gestão pública empreendedora.

 

Segundo o presidente do Conselho Deliberativo do Sebrae/MS e titular da Secretaria de Estado de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar (Semagro), Jaime Verruck, o programa tem uma grande relevância para a retomada econômica.

 

“O objetivo de muitos prefeitos é buscar novos empreendimentos para gerar empregos nos municípios. Um de nossos pontos fundamentais com o Cidade Empreendedora é mostrar que Mato Grosso do Sul tem um ambiente de negócios favorável, a somatória dos 21 municípios que aderiram ao programa irá criar um ambiente melhor para fazer investimentos. Já os empresários necessitam de uma estrutura desburocratizada, para que possam implantar as suas atividades. Queremos que ao final deste ciclo, consigamos ter benefícios diretos para os pequenos negócios, e que o setor público seja visto como desburocratizado”, pontuou Jaime.

 

De acordo com o diretor superintendente do Sebrae/MS, Cláudio Mendonça, o Cidade Empreendedora vem, principalmente, para promover o desenvolvimento das regiões. “É o maior projeto que o Sebrae está fazendo neste ano. A ideia é pegar na mão de cada um dos empreendedores e fazer o desenvolvimento acontecer. O Sebrae trabalha em duas linhas: promovendo o econômico, através de melhorias no ambiente de negócios, e a outra linha, indo até a empresa, auxiliando no sucesso deste pequeno negócio. Nosso objetivo com o Cidade Empreendedora é levar para cada um dos municípios a transformação”, enfatizou Claudio.

 

Nesta edição, o Cidade Empreendedora vai contemplar 21 municípios, ou seja, além de Inocência e dos dez municípios que firmaram contrato durante a solenidade, mais dez devem aderir ao programa. Desta vez, houve um recorde de cidades interessadas — 38 munícipios se candidataram para participar da iniciativa.

 

Próximos passos

 

Em Inocência, a execução do Cidade Empreendedora já começa amanhã (9). O programa “Sebrae na sua empresa” é o primeiro passo da iniciativa na cidade, quando agentes do Sebrae/MS vão percorrer os empreendimentos locais. A abordagem porta a porta vem para identificar as necessidades de cada empresário e, a partir disso, propor soluções. Com a ação, vai ser possível mapear como estão os empreendimentos em Inocência e ajudá-los a melhorar os negócios. O mesmo trabalho é desenvolvido nos outros dez municípios que aderiram ao programa.


Trabalho prestado

 

Em edições anteriores, 11 municípios de Mato Grosso do Sul já participaram do Cidade Empreendedora: Alcinópolis, Anaurilândia, Bataguassu, Brasilândia, Bodoquena, Chapadão do Sul, Figueirão, Maracaju, Ribas do Rio Pardo, Santa Rita do Pardo e Sidrolândia.

 

Mais informações sobre o Cidade Empreendedora podem ser obtidas por meio do número 0800 570 0800.

Fonte: SEBRAE/MS
Autor: Fabrício Corrêa
Local: Inocência
VINCULADOS À PÁGINA:
Geral
Imprensa
Seta
Versão do Sistema: 3.1.3 - 03/09/2021
Copyright Instar - 2006-2021. Todos os direitos reservados - Instar Tecnologia Instar Tecnologia