Inocência, Sexta-feira, 17 de Novembro de 2017
Atendimento ao público 7h30 ás 11h e 13h ás 15h
Fone: (67)3574 1350 (67)3574 1041 (67)3574 1040

Warning: mysql_result() [function.mysql-result]: video not found in MySQL result index 12 in /home/inocenci/public_html/inc.exibe2017.php on line 25

Warning: mysql_result() [function.mysql-result]: galeria not found in MySQL result index 12 in /home/inocenci/public_html/inc.exibe2017.php on line 29

Comitê discute a elaboração do Plano Municipal de Saneamento Básico

16 de Outubro de 2017
07:46

A Prefeitura de Inocência continua dando andamento na elaboração do Plano Municipal de Saneamento Básico. A ideia é discutir os problemas e buscar soluções para solucionar as dificuldades do município relacionadas a abastecimento de água, esgotamento sanitário, manejo de resíduos sólidos e drenagem urbana de águas pluviais.

                O projeto de elaboração do PMSB é acompanhado pelo coordenador Ermínio Guedes, que junto à comissão tem discutido e levantado questões a todas às classes sociais do município, e desta vez não foi diferente, esta semana, Ermínio Guedes, juntamente com o secretário de Meio Ambiente, João Luiz Leal, se reuniram com empresários, comerciantes locais e representantes de diversos setores da sociedade; tais como, agropecuária, açougue, farmácia, limpeza de fossa, distribuidora de bebidas, sacolão, materiais para construção, oficina mecânica, posto de gasolina, escritório contábil, entre outros.

                Esta reunião serviu para que todos tivessem conhecimento e pudessem debater com um único propósito de definição e conclusão do Plano Municipal de Saneamento Básico, neste caso, foram explicadas as etapas de elaboração do plano e as responsabilidades inerentes a cada uma das classes organizadas, levando em consideração os pontos de vista que a população possui sob o serviço de saneamento básico prestado atualmente.

                No PMSB serão definidos, por exemplo, quais as áreas prioritárias de investimento em obras civis e de fortalecimento institucional, em quanto tempo poderá se alcançar a universalização de atendimento de saneamento para toda população, qual o custo de tarifa ideal para a cidade, como implantar os sistemas de gestão e micromedição de consumo de água, dentre outros assuntos que serão discutidos junto à população. Desta forma, é de fundamental importância a participação popular das entidades de classe, das associações de moradores organizadas ou não, para que estas, juntamente com o município, discutam os principais problemas, as prioridades e as metas de atendimento.

Fonte: Assessoria de Imprensa

Fotos: Emerson Gomes

Matéria não encontrada!